Seja bem vindo(a) a nossa loja virtual. Cadastre-se ou efetue login
 
 
Clique para Ampliar imagem [+]
Tri Fly (Brasil) Fabricante/Modelo:  Bahadara Bumerangues Esportivos / Polipropileno
Código do produto:  9
Disponibilidade do produto : Produto disponivel
Compre já
Informe a quantidade e clique em comprar.
de  R$ 48,00
Por: R$ 25,00
Economize:  R$ 23,00
Quantidade :


Simule o custo de envio
Informe seu CEP e calcule o custo para envio deste produto

CEP:

Compartilhe com seus amigos
Clicando nos ícones abaixo você poderá compartilhar este produto com seus amigos através do facebook, twitter ou Google+.

 



Este é o famoso bumerangue criado


pelo bumeranguista americano


Eric Darnell.





No Brasil a Bahadara, com exclusividade e tecnologia nacional fabrica este modelo, com autorização de seu criador em polímero super resistente ,
veja o teste !



 Bumerangue perfeito tanto para iniciantes como para os mais experientes, todo mundo têm um Tri fly ! Plataforma para criação dos mais variados modelos, a partir deste bumerangue é possível criar modelos próprios para as mais variadas categorias de competição, veja a matéria abaixo.



Distância : Depende da regulagem  de 17 a 27 mts 

Atenção,  ponta de estoque pela metade do preço, produto sem defeito, apenas com cores  mistas e mescladas e sem gravação e que  podem variar de acordo com os estoques.









Modificando o Trifly  - Extraído de  http://bumerssa.blogspot.com.br/





 A história do bumerangue moderno teve vários momentos de pequenas revoluções e um deles foi a criação do modelo Trifly, pelo norte-americano Eric Darnell.


O trunfo do Trifly é que, além de ser ambidestro, ele serve de plataforma para criar vários outros modelos, bastando alterando o outline e o shape. A depender do material, podem ser feitos modelos só para diversão ou para competição (Fast Catch, Trick Catch, Precisão e Enduro). A única limitação do Trifly é que ele não serve como base para modelos de MTA, Longa Distância e Australian Round.


Existem várias plantas de possíveis modificações por aí, mas poucas trazem maiores informações. Abaixo seguem oito delas com alguns detalhes. As modificações de 1 a 6 não exigem shape, basta cortar as três asas para que fiquem iguais às áreas em cinza da figura. Um detalhe: os modelos para Fast Catch e Enduro não serão dos mais rápidos (em comparação com os modelos mais recentes, já que esses foram criados há muitos anos), então não são bons para usar em campeonatos. Mas eles podem ser muito úteis para quem está começando a praticar essas modalidades par se acostumar com os tipos de arremesso e voo.











    1. 1-Tem um voo circular que desacelera no final, mas ainda com bastante giro, terminando com um planeio a um pequena altura. Bom para treinar Fast Catch.


 





    1. 2. Chamado de Enduro, esse modelo é bastante estável e com uma trajetória bem previsível, desacelerando continuamente. Pelo nome, já dá pra perceber que é um modelo para treino de Enduro.


 





    1. 3- O modelo mais rápido dentre os descritos aqui, e também mais violento. Pode ser usado na segunda rodada de Fast Catch para conseguir menor tempo.


 





    1. 4- Tem uma queda rápida no final, servido para a prova de Precisão.


 





    1. 5- Muito estável e com bastante perda de giro no fim no voo, servindo para a prova de Fast Catch em ventos fortes.


 





    1. 6- Inicialmente foi projetado para ser usado como inside na modalidade Doubler da prova de Trick Catch (o outside seria um Trifly sem modificações). Porém, foi utilizado por Gregory Bisiaux para determinar o então recorde mundial de Fast Catch (15.03 s). Não se sabe que modificações foram feitas no shape, mas o material era PP.


 





    1. 7- Semelhante ao Enduro, mas com a asa mais estreita. Deve-se fazer uma borda de fuga, para deixá-lo mais rápido. Feito em em ABS, para a modalidade de Fast Catch.


 





    1.  -Chamado de Soft Toss, é um modelo bem fácil de ser lançado, devendo ser feita uma borda de fuga. Bom para Pegadas Consecutivas.



Para marcar onde cortar no Trifly, vocês podem ampliar e imprimir a imagem (para o Trifly nacional a imagem deve ser ampliada para 162%):




Depois recortar a planta desejada (neste caso, eu utilizei a nº 1), posicionar sobre a asa do Trifly e marcar as linhas de corte:


 




Notem que o Trifly que usei já vem pintado (foto da esquerda), então, para as linhas ficarem mais visíveis, preferi marcá-las na parte de baixo do bumerangue. Para isso, eu inverti a planta (foto da direita). Vejam abaixo como ficou a asa marcada:




E, por fim, o bumerangue pronto:





 


0 0 1 1
 
Formas de pagamento

Acompanhe-nos

Certificados  Atendimento
 







 
Pagamento e envio Quem somos Como Comprar
Prazos de entrega Segurança Politica de troca
Fale conosco

Todos os valores e condiçoes de pagamento disponíveis neste site são exclusivas para venda pela internet,
nao sendo validos para venda em balcão.
Loja virtual IpHouse